Blog

Fique ainda mais próximos de nós
através dos conteúdos que publicamos por aqui!

Projeto Integrar: como funciona o acolhimento de jovens?

Projeto Integrar é uma iniciativa do Instituto Moradas do Tempo, que tem como objetivo auxiliar na transformação completa na vida de jovens de casas lares que completam 18 anos e são desligados das instituições. Com o programa, os adolescentes são capacitados a terem autonomia pessoal e profissional.

Como funciona o acolhimento no Projeto Integrar?

O Instituto Moradas do Tempo mantém contato com casas-lares, além de manter as portas abertas para quem se interessar através de telefonemas e indicações. Para dar início ao auxílio, uma entrevista é feita com o jovem para alinhar e esclarecer como todo o atendimento funciona. Dando sequência ao processo, que tem um desenvolvimento afetivo com suporte, e um olhar individualizado para cada jovem, o pessoal é encaminhado a um apartamento onde cada um terá estrutura para passar pelo desenvolvimento proposto pelo  projeto.

Uma das maiores dificuldades encontradas pelos jovens na tentativa de vida própria é justamente esta: manter-se com suas coisas e conquistar independência financeira. É por isso que, para se conseguir realizar os planos da vida independente é preciso fazer um planejamento financeiro e psicológico.

Pensando nisso, o plano é dividido em até 3 passos.

  1. Na primeira etapa, o jovem aprende as regras do apartamento, como tarefas domésticas básicas e um alinhamento para boa convivência com os demais.
  2. Já na segunda parte, as áreas educativas e profissionais são trabalhadas, como cursos técnicos ou universitários e empregos de acordo com a vontade de  cada um.
  3. Por fim, mas muito importante, a última etapa é bem planejada para que o jovem seja orientado a ter uma independência financeira e, quando sair do projeto, consiga seguir a vida com passos firmes!

Parceria para a vida

Mesmo depois de se desligarem do projeto, o vínculo entre a instituição e o pessoal que foi atendido permanece forte. É importante ressaltar que, apesar da separação sempre ser sentida, não há nenhuma falta de ligação ao projeto para com quem foi acolhido até o momento. É um laço pessoal e fraterno construído pelas pessoas que estão conosco.

CONHEÇA MAIS SOBRE OS NOSSOS PROJETOS: https://www.moradasdotempo.org.br/

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.